Teatro é lugar de fala

e-FLYER DEBATES ARRIMO OK

Relatos de vida de artistas, com seus respectivos itinerários de criação e ativismo nas artes cênicas e direitos humanos vão compor o ciclo de debates Teatro é lugar de fala, realizado pelo Núcleo Macabéa, na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Serão seis encontros – nos dias 20 e 27 de janeiro, 3, 10, 11 e 17 de fevereiro – sempre às 19h. Gratuito, os interessados devem retirar os ingressos com uma hora de antecedência de cada dia. 

O ciclo acontecerá durante a temporada da nova peça de teatro do Núcleo Macabéa, a obra cênica Arrimo

Os encontros vão contar com Rudinei Borges dos Santos, dramaturgo, poeta e diretor de teatro, na mediação do ciclo de debates. No dia 20 de janeiro, a Profª Dra. Andrea Paula dos Santos Oliveira Kamensky, da Universidade Federal do ABC (UFABC), estará na mesa “Ponto de Vida: cidadania de mulheres faveladas”, também título de um de seus livros pela editora Loyola (São Paulo: 1996); em 27/01 é a vez do tema “Lugar de fala e teatro de grupo” com Marta Baião, da Cia. Mal-Amadas Poética do Desmonte, artivista feminista e doutora em Artes Cênicas (ECA-USP).

Abrindo fevereiro, no dia 3/02 estarão Edi Cardoso, atriz, preparadora corporal e doula, e Ave Terrena Alves, dramaturga, poeta, performer e atriz transvestigênera, no encontro “Vozes Femininas e LGBTI no teatro brasileiro”; e a mesa de 10/02, sobre o tema “Vozes negras e ameríndias no teatro brasileiro”, trará a conversa entre a mestre em Ciências Sociais pela PUC-SP, atriz e diretora Dirce Thomaz, que criou e protagonizou peças como Eu e Ela: visita à Carolina de Jesus, e a atriz indígena amazonense Sandra Tariano.

No dia 11/02 o tema “Vozes amazônidas e nordestinas no teatro brasileiro” vão movimentar o debate com o ator baiano do grupo A Jaca Est., Geraldo Fernandes, e Tenório Telles, poeta amazonense, doutorando em Literatura pela PUC-SP e curador da editora Valer; No encerramento, em 17/02, o produtor e ator Anderson Negreiros, o escritor Rudinei Borges dos Santos, a atriz, produtora e professora de Arte na Prefeitura de São Paulo, Silvani Moreno, o ator e musicista Juh Vieira, e o ator Ícaro Rodrigues, formado pela Escola Livre de Teatro de Santo André (ELT), participarão da mesa “Grão – leitura dramática de histórias de vida”.

SERVIÇO:

Ciclo: Teatro é lugar de fala
Coordenação: Núcleo Macabéa

20/1 a 17/2 – segundas – 19h às 21h
11/2 – terça-feira – 19h às 21h
30 lugares
Retirar ingressos com uma hora de antecedência.
Classificação indicativa: maiores de 16 anos

Segunda-feira, 20 de janeiro, 19h

Ponto de Vida: cidadania de mulheres faveladas
Com a Profª Dra. Andrea Paula dos Santos Oliveira Kamensky (UFABC)

Segunda-feira, 27 de janeiro, 19h

Lugar de fala e teatro de grupo
Com Marta Baião (Cia. Mal Amadas Poética do Desmonte)

Segunda-feira, 3 de fevereiro, 19h

Vozes Femininas e LGBT no teatro brasileiro
Mesa com a atriz e preparadora corporal Edi Cardoso e a poeta, performer e atriz transvestigênera Ave Terrena Alves

Segunda-feira, 10 de fevereiro, 19h

Vozes negras e ameríndias no teatro brasileiro
Mesa com a atriz Dirce Thomaz e a atriz indígena amazonense Sandra Nanayna.

Terça-feira, 11 de fevereiro, 19h

Vozes amazônidas e nordestinas no teatro brasileiro
Mesa com Geraldo Fernandes, ator baiano do grupo A Jaca Est., e o poeta amazonense, doutorando em Literatura pela PUC-SP e curador da editora Valer, Tenório Telles

Segunda-feira, 17 de fevereiro, 19h

Grão – leitura dramática de histórias de vida
Com o produtor e ator Anderson Negreiros, o escritor Rudinei Borges dos Santos, a atriz, produtora e professora de Arte na Prefeitura de São Paulo, Silvani Moreno, o ator e musicista Juh Vieira, e o ator Ícaro Rodrigues, formado pela Escola Livre de Teatro de Santo André (ELT)

Ficha técnica:

Coordenação: Núcleo Macabéa
Curadoria e mediação: Rudinei Borges dos Santos
Apoio institucional: Poiesis Gestão Cultural, Oficinas Culturais e Governo do Estado SP
Realização: Núcleo Macabéa, Cooperativa Paulista de Teatro, Secretaria Municipal de Cultura SP, Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo.

Oficina Cultural Oswald de Andrade
Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo
Proximidades da Estação do Metrô Tiradentes – Linha Azul
Telefone: (11) 3221-4704